‘‘Desde o dia 2 de maio, quando o temporal começou, fiquei sem água, sem luz, sem telefone e sem internet. Ilhado dentro de casa com minha esposa, minha filha e minha mãe, estávamos esperando a água baixar“, afirmou Italo Fabiano Falavigna, Soldado Fuzileiro Naval da reserva, que deixou a Marinha para acompanhar mais de perto a saúde de sua mãe, que perdeu a visão.

Italo morava em Eldorado do Sul (RS), um dos municípios mais impactados pelas enchentes que atingiram a região Sul do País. Quando o nível da água começou a diminuir e caminhonetes conseguiram transitar pela área, a Defesa Civil foi até o local, e pediu para que todos saíssem de suas casas.

“Pedi que retirassem minha mãe, minha esposa e minha filha, e fiquei em casa, pois eu havia resgatado alguns cães e gatos, que eu não queria abandonar. Elas seguiram com os agentes e no caminho avistaram um destacamento de Fuzileiros Navais. Avisaram que tinha um Fuzileiro Naval da reserva que ficou sozinho em casa”, continua Italo.

Foi então que o Primeiro-Sargento (Fuzileiro Naval) Eberson Luis Sá de Lemos,  que serviu com Italo entre 1996 e 1999, no Grupamento de Fuzileiros Navais de Rio Grande, apareceu para resgatá-lo levando água, comida e ração para os cães e os gatos.

‘‘Estávamos em apoio às ações da Defesa Civil, quando observei uma família sendo resgatada. Ao me aproximar da família, observei que havia uma  senhora deficiente visual, oferecemos atendimento e conseguimos levá-las a um local seguro.  Ao terminar o resgate, ela relatou que seu filho havia ficado na residência e que havia sido Fuzileiro Naval. Então, no dia seguinte, eu e minha equipe fomos até o local para verificar se ele estava precisando de algo e para dar informações sobre sua família, que foi para a casa de familiares, em Porto Alegre (RS). Para minha surpresa, quem estava lá era o Falavigna. Um grande companheiro de jornada, que tive a satisfação de servir junto. A emoção foi muito grande“, relatou Sá.

Para Italo, o resgate  foi muito simbólico e marcante. ‘‘O Sargento Sá foi lá em casa  para ver como eu estava e se eu precisava de algo. Ele também auxiliou meus vizinhos até o retorno da energia elétrica. A vinda dele foi importante para nós. Além da ajuda, pude rever meus antigos companheiros de farda. Quantas recordações! Tive a segurança de saber para onde minha esposa, mãe e filha haviam sido levadas. Se não fossem eles, eu poderia ter ficado dias sem saber”afirmou.

Italo e a família mudaram-se para Porto Alegre, onde estão retomando suas vidas. “Dia após dia estamos voltando à rotina, minha filha voltou a estudar.  Estamos seguindo devagar e sempre. O que levo de lição de tudo isso é a dedicação dos militares que vieram salvar a mim e a minha família. Rever a tropa que fiz parte depois de tantos anos, mesmo numa situação muito ruim, foi emocionante. Passou um filme na minha cabeça. É reconfortante saber que pude contar com eles‘‘, concluiu.  

Operação “Taquari 2”

Com 90% do Rio Grande do Sul atingido pelas fortes chuvas, militares da Marinha continuam apoiando, ativamente, a Defesa Civil nos esforços de reconstrução no estado, atuando na desobstrução de vias e na revitalização de escolas públicas. Uma Força-Tarefa de apoio humanitário, composta por 200 Fuzileiros Navais e 40 viaturas, além de equipamentos, maquinários e materiais, está envolvida nesse trabalho. Em Guaíba, os Fuzileiros Navais  continuam trabalhando na reconstrução de escolas, removendo lixo e entulho, limpando espaços, higienizando, e realizando manutenção e reparos elétricos, de carpintaria, metalurgia, pintura e obras em geral. As atividades começaram na Escola Municipal de Santa Rita, a maior de Guaíba, que atende quase dois mil alunos e foi entregue no início deste mês.

Confira o apoio da Marinha em números:

. . .

Comentários

Genildo Santos… (não verificado) Sex, 14/06/2024 - 00:16

Adsumus

Marcos Cesar d… (não verificado) Sex, 14/06/2024 - 07:10

ADSUMUS!!!

José EDISON (não verificado) Sáb, 15/06/2024 - 06:56

ADSUMUS

Genildo Santos… (não verificado) Sex, 14/06/2024 - 00:17

Adsumus

Genildo Santos… (não verificado) Sex, 14/06/2024 - 00:17

Tamos juntos

Pedro Marialva (não verificado) Sex, 14/06/2024 - 12:55

Adsumos ...
Nenhum campanha fica pra trás!!!

João Batista S… (não verificado) Sáb, 15/06/2024 - 05:41

Salve salve os nossos Bravos fuzileiros navais.
Que Deus os abençoe.

Jorge cordeiro (não verificado) Dom, 16/06/2024 - 23:11

Fuzileiros navais, sempre fuzileiro.
ADSUMUS

Jorge cordeiro (não verificado) Dom, 16/06/2024 - 23:12

Fuzileiro naval, sempre fuzileiro.
ADSUMUS

Breno Fernando (não verificado) Sex, 21/06/2024 - 20:35

Emocionante demais irmão. Que Deus continue abençoando sua vida. Eu só tenho que agradecer a Deus por ter me dado um irmão de fada e um irmão em Cristo ! Forte abraço mano ! Te desejo toda a sorte do mundo TMJ.

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.

Texto puro

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Quebras de linhas e parágrafos são feitos automaticamente.
  • Endereços de página da web e endereços de e-mail se tornam links automaticamente.